Quantas vezes já escutamos que precisamos agregar valor ao nosso cliente? Mas o que é de fato agregar valor?

Há quem ache que agregar valor consiste em oferecer um produto/serviço com um valor monetário abaixo do concorrente ou até mesmo com características técnicas que o diferencie do mercado. Outros ainda investem em um atendimento personalizado e na construção de um relacionamento sólido. No entanto, o cliente deseja muito mais do que um produto de qualidade com um preço competitivo.

Antes de continuarmos, uma outra pergunta: Por que não conseguimos atender os clientes como eles gostariam, mesmo sendo clientes em algum nível/momento também?

No livro “Clientividade” de Cézar Souza (consultor, presidente e fundador do Grupo Empreenda, que tem em sua carteira de clientes diversas empresas da lista das 500 maiores e melhores do Brasil), através de uma entrevista com mais de mil executivos e dirigentes das maiores corporações brasileiras, o consultor revela que o foco das empresas está no produto e apenas nele. E enfatiza o quanto isso dificulta que as empresas construam uma cultura em que todos os colaboradores e parceiros estejam voltados para o cliente. É por isso que ele defende que o foco não somente deve estar no cliente, mas ele deve ser o centro de qualquer decisão.

Concentrar as energias no cliente e menos nos competidores. Em tempos de crise, é muito comum voltarmos nossa atenção para a competição no mercado e como nossos competidores estão atuando. O conceito de “Clientivididade” sugere que é necessário reinventar as relações com os clientes através de uma customização, surpreender na entrega, superar as expectativas e de que cliente é responsabilidade todos na empresa e não apenas do setor de vendas e marketing. Resumindo, agregar valor ao cliente oferecendo soluções integradas.

A implementação desse conceito passa por três principais pilares:

1) Conhecer 100% seu cliente, criar um relacionamento íntimo e, a partir de então, conhecer todas as necessidades. A ideia de que cada cliente é um mercado único reforça o conceito que a Seu Contador trabalha. Mais que contabilidade, parceiros nos negócios. Somos especialistas em nossos clientes!

2) Fortalecimento da rede de distribuição (pontos de vendas) em aliados e parceiros.

3) Disseminar a cultura entre todos os colaboradores e terceirizados de uma empresa. Isto significa entender o que beneficia seu cliente, e focar no atendimento dessa necessidade.

A partir da percepção dessa inversão de valores, empresas que tomarem a frente e optarem pela mudança de postura possuirão vantagem competitiva frente aos competidores e, em nenhum momento, focarão suas energias nele!