Estamos no meio de uma grande crise econômica no Brasil, afetando desde autônomos até empresas de grande porte. Todos os setores estão sentindo seu efeito. Uns mais e outros menos, mas com certeza, ninguém está de vento em polpa.

 

É bem certo que nossa incerteza é amplificada pela crise política, impulsionada por um dos maiores escândalos de corrupção da história do mundo, que aconteceu e suas consequências estão influenciando a vida de todos os cidadãos brasileiros.

 

Seguindo a lógica no cenário atual, a melhor postura seria ser conservador com seu dinheiro, certo?  Mas se engana quem pensa que a melhor postura, neste momento, é esperar a tempestade passar. Que a melhor atitude se resume a planejar os dias melhores para entrar em ação. Ou até mesmo se convencer de que é muito arriscado por seu dinheiro em jogo em um momento de incerteza. Na verdade, o processo de identificar o momento certo de calçar as chuteiras e entrar em campo é muito mais complexo, e em poucos casos resulta em fazê-lo em tempos de prosperidade econômica.

 

Claro que empreender quando a economia está crescendo é bom, pois o efeito dominó é totalmente positivo:

Com a economia aquecida, as empresas realizam mais investimentos não necessariamente essenciais para sua atividade, como propaganda. Desta forma, ela atinge mais clientes, que por sua vez, por estarem em um ambiente de crescimento econômico, possuem segurança na renda que recebem. Assim, eles consomem mais, sendo atingidos pela propaganda feita e injetando mais dinheiro na economia, a deixando mais aquecida. E o ciclo se repete.

 

Não estamos nem perto deste cenário hoje, na verdade, estamos bem longe dele. Mas essa é a hora de iniciar seu plano de montar o seu negócio. Parece contraditório? Mas é! Lembrando que no mundo do empreendedorismo, se destaca quem se antecipa à onda, e não quem rema atrás dela, por isso você tem que ficar atento para estar na crista, ou seja, no melhor momento do seu negócio exatamente quando for o melhor momento da economia.

 

Para conseguir isso, você tem que se antecipar, iniciar e pôr o projeto em prática antes da economia melhorar, senão não vai dar tempo, e o melhor momento da economia vai ser o momento em que você vai estar iniciando sua empresa (que é um momento de dificuldade e fragilidade financeira, além de que o mercado ainda não conhece você).

 

Fica claro que para estar consolidado, financeiramente equilibrado e com nome no mercado na hora que a crise passar, você tem que enfrenta-la e de frente e dar o primeiro passo ainda dentro dela.

 

Ser dono do seu próprio negócio é um sonho bastante comum entre os brasileiros, e muitas vezes é difícil enfrentar todos os obstáculos que envolvem abrir uma empresa e controlar tudo que é necessário, até porque são muitas informações e é de extrema importância um acompanhamento profissional de qualidade para que você esteja preparado para tudo que te espera nesta caminhada. Para isso, a equipe do Seu Contador está preparada para te apoiar.